Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 26ago

    BLOG FELIPE MOURA BRASIL –  VEJA.COM

     

     

    Levy se soma a Caiado no discurso de oposição. Dilma continua não sabendo de nada

     

     

     

     

    LEVY CAIADO

     

    Do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), nas redes sociais:

    “O que sobrou do discurso de campanha de Dilma e do PT? Banqueiro na Fazenda, redução de ministérios, vaca tossindo com corte em direitos trabalhistas, inflação descontrolada, juros subindo e agora o desemprego [a 8,3% no trimestre, maior patamar da série histórica da Pnad Contínua, iniciada em 2012 e divulgada pelo IBGE].

    Menos de um ano depois, não há mais nada da fala deles que não tenha se desmanchado. Por outro lado, a única coisa que cresceu em 2015 no país foi a lista de motivos para a saída de Dilma: seja pela corrupção, seja pelas pedaladas, seja pelo crime eleitoral.”

    O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, suposto membro do governo, juntou-se a Caiado no discurso de oposição.

    Em Washington, Levy defendeu, segundo o Estadão, “a disciplina nas despesas para minimizar a necessidade de aumento de impostos, a reforma do Estado, a criação de uma gestão pública mais eficiente e a definição de despesas obrigatórias que não ‘asfixiem o governo’”.

    Talvez esteja se lançando candidato para 2018.

    Já Dilma Rousseff, após declarar que a economia brasileira “requer cuidados”, anunciou:

    “Eu espero uma situação melhor. Mas não tenho como garantir que a situação em 2016 vai ser maravilhosa, não vai ser, muito provavelmente não será. Agora também não será a dificuldade imensa que muitos pintam. Vamos continuar tendo dificuldades, até porque não sabemos a repercussão de tudo o que está acontecendo na economia internacional.”

    Dilma nunca soube de nada.

    Nem dos crimes nas estatais sob seu governo, nem da “gravidade da crise”, nem da situação real do país em qualquer ano, nem da “repercussão de tudo que está acontecendo”.

    Mais um pouquinho de nada, e até Levy pede sua renúncia sem querer.

    Publicado por jagostinho @ 10:28



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.