Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 27nov
    Vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, durante reunião com o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa.Brasília, 26//11/2015.Foto: Divulgação

    A vice-governadora Cida Borghetti se reuniu nesta quinta-feira (26), em Brasília, com o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, para tratar da liberação dos empréstimos internacionais solicitados pelo Estado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para investimentos em segurança, infraestrutura e desenvolvimento urbano.

    “As operações de crédito são fundamentais para novas obras e investimentos em diversas áreas que vão gerar empregos, renda e aumentar a competitividade”, disse Cida Borghetti, que é a responsável pelas relações do Paraná com o Governo Federal.

    Ela detalhou ao ministro o processo de ajuste fiscal e a regularização de contas do Estado.

    Hoje o Paraná possui todas as certidões negativas e é o Estado com a menor taxa de endividamento em moeda estrangeira e permaneceu imune à recente depreciação do Real em face do Dólar.

    PROJETOS – Os recursos de US$ 517 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) serão utilizados para financiar projetos na área de segurança pública (US$ 67 milhões), desenvolvimento dos municípios (US$ 150 milhões) e infraestrutura (US$ 300 milhões).

    Para acessar essas linhas de financiamentos, estados e municípios precisam apresentar várias certidões negativas e pareceres do Tribunal de Justiça e Tribunal de Contas que atestam, por exemplo, o pagamento em dia dos precatórios e o cumprimento do limite prudencial com gastos com pessoal.

    EM NEGOCIAÇÃO – O processo de financiamento mais avançado é para o programa Paraná Seguro, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária.

    O pedido já passou pelo Senado Federal e aguarda na Secretaria do Tesouro Nacional (STN) a apresentação das certidões para liberação imediata de US$ 67 milhões, acrescidos da contrapartida estadual de US$ 44,8 milhões.

    Os recursos serão utilizados para a compra de viaturas, reestruturação de delegacias, implantação de módulos móveis e investimentos em inteligência policial.

    O segundo projeto de empréstimo está na STN e ainda não foi aprovado pelo Senado. Com a contrapartida, serão US$ 300 milhões para o programa Paraná Urbano III.

    Linhas de financiamento serão ofertadas às prefeituras pela Fomento Paraná para investimentos em infraestrutura e qualificação administrativa.

    Outra operação de crédito em andamento é para captação de mais US$ 300 milhões para área de infraestrutura.

    Essa operação está na Comissão de Financiamento Externo (Cofiex) aguardando aprovação.

    Além dessas operações, outros US$ 60 milhões foram financiados para o Programa Família Paranaense, que atende famílias em situação de vulnerabilidade, e US$ 8 milhões para melhorar a gestão fiscal do Estado, o ProFisco.

    Esses contratos já foram assinados e os investimentos estão em andamento.



    Publicado por jagostinho @ 13:17



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.