Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 18nov

    GAZETA DO POVO

     

    Pelé revela mágoa com Lula e realiza desejo de conhecer Sergio Moro

     

    Em Curitiba, o Rei do Futebol conheceu o juiz da Lava Jato. “Estamos em um momento de mudança”, apostou

     

    Pelé teve um encontro com o juiz Sérgio Moro, mas a imprensa foi proibida de registrar o momento. | /Gazeta do PovoGazeta do Povo

    Pelé teve um encontro com o juiz Sérgio Moro, mas a imprensa foi proibida de registrar o momento.Foto:-  Gazeta do Povo

     

    Pelé realizou na noite desta quinta-feira (17), durante o lançamento do Programa Esportivo Lúdico Escolar, do qual é o idealizador, a vontade de conhecer Sergio Moro.

    No entanto, antes da chegada do juiz federal à sede da Escola de Magistratura Federal do Paraná(Esmafe-PR), no bairro Ahú, o Rei do Futebol aproveitou o bate-papo com o público presente para elogiar a Operação Lava Jato e revelar uma mágoa com o ex-presidente Lula.

    “Eu tenho uma queixa a fazer. Quando eu estava no Ministério [do Esporte], o Fernando Henrique [Cardoso] deixou a gente fazer as vilas olímpicas. Onde tinha uma vila olímpica, as crianças tinham de estudar e praticar esporte. Foi um sucesso”, relembra Pelé, sobre o período em que comandou o Ministério Extraordinário do Esporte, entre 1995 e 1998.

    “Quando o Lula entrou, me chamou e disse: ‘Pelé, você vai me desculpar, mas vamos acabar com as vilas. Estamos com outro projeto, o Bolsa Família, e precisamos das verbas’.

    Foi o término de um projeto que tira crianças da rua para dar escola e esporte. Foi uma coisa triste. Acho que foi um erro muito grande. Poderiam ter feito os dois projetos juntos”, prossegue.

    Antes disso, Pelé havia reforçado os elogios que vem fazendo à Operação Lava Jato, liderada por Sergio Moro.

    Foi por causa da Operação que Pelé escolheu Curitiba como palco para lançar seu projeto — que tem como objetivo a inclusão social, a promoção do rendimento escolar e a universalização e desenvolvimento da prática esportiva no país para crianças em idade escolar.

    “Quero dizer ao querido Moro que Deus dê saúde para ele. É um trabalho importante para o nosso país. A gente que viajou o mundo sabe como o pessoal vê o Brasil”, disse Pelé.

    “E acho que neste momento isto está mudando muito. É difícil você ouvir falarem mal do seu país, que só tem corrupto e ladrão. Estamos em um momento de mudança”, complementa.

    Sergio Moro

    O evento foi dividido em duas etapas: antes e depois da chegada de Sergio Moro.

    Antes da presença do juiz federal, Pelé apresentou seu projeto, falou sobre sua trajetória de vida, respondeu a perguntas do público, tirou fotos e autografou itens para os fãs. Assim que Moro chegou, o cenário mudou.

    Conhecido por sua privacidade, o juiz entrou no prédio, escoltado, por uma porta dos fundos.

    A sala em que Pelé estava, por sua vez, foi esvaziada para que Moro e uma série de acompanhantes — além dos próprios funcionários da Esmafe-PR — se encontrassem com o Rei.

    A imprensa foi proibida de registrar o encontro entre Moro e Pelé, seguindo ordens da organização do evento que visavam preservar a privacidade do juiz federal.

    Após o encontro com Pelé, Moro deixou o prédio sorridente e atendeu a pedidos de fotos de fãs e curiosos que o aguardavam na saída do prédio.

    Nesta sexta-feira (18) o Rei do Futebol deixa a cidade.



    Publicado por jagostinho @ 10:17



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.