Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 28set

    É um grande negócio ter uma empresa de pesquisa hoje em dia.

    Afinal, haverá sempre uma explicação, ou muitas, para erros e acertos. E tudo fica por isso mesmo.

    Nos erros, a tal de “fotografia do momento” é a grande desculpa para falhas grosseiras e ridículas.

    Até em “boca de urna” usam este absurdo.

    Não quero ser chato, mas quem quiser comprovar é só entrar no famoso “google” e comparar pesquisas e resultados finais em eleições passadas.

    Lá estão as barbaridades que estupram os conceitos estatísticos, tão simples e sempre atuais.

    E tem gente graúda no mundo das pesquisas brasileiras, como Ibope e Datafolha, para ficar só nestes dois, que, em tombos e derrapadas, estão entre os campeões.

    Dito isto, e como estamos bem próximos das eleições – nove dias – e já que há uma imensidão de variáveis, tomo a liberdade de fazer algumas deduções sobre os números divulgados, ontem, pelo Ibope, sobre a eleição de governador e senadores, no Paraná.

    Vou começar pelo Senado Federal, onde se disputam duas cadeiras. Aqui houve sim uma variável importante que deveria influenciar, e influenciou, que foi a prisão do ex-governador Beto Richa, na semana passada, e candidato a Senador.

    Ele foi ladeira abaixo e dos confortáveis 28% que tinha, desabou 11 pontos e está com 17%.

    Com isso, na tal margem de erro, a disputa para a segunda vaga ficou embolada, com quatro candidatos no páreo: Richa, Arns, Oriovisto e Canziani.

    Não visualizo condições de Beto reagir. Pelo contrário. Vai cair mais, pois a prisão do irmão, mais uma variante nova, será a pá de cal.

    Já o Requião, mesmo caindo 4 pontos – esta queda é por envolvimento desnecessário com o PT – está com sua cadeira garantida no Senado.

    Aliás, acho eu, deveria, nestes próximos e últimos dias, ficar em casa descansando.

    Sobram três nomes para uma vaga: Arns (que caiu um ponto), Canziani (que subiu três pontos) e Oriovisto( que saltou de três para quinze %).

    Esta segunda vaga será de Oriovisto Guimarães. Afinal, esta arrancada gigantesca não foi por acaso.

    Está usando bem o tempo de tevê e é apoiado por quem lidera disparado para o governo, Ratinho Junior.

    E é iniciante na política que lhe livra de comparações indesejáveis e deixa-lhe quase nada de rejeição.

    E tem mais um fator, que passa desapercebido por muitos, mas que considero importantíssimo, que é a pesquisa espontânea. E neste quesito ele só perde para Requião.

    Vamos, agora, ao governo do Estado.

    Candidatos não podem colocar na propaganda eleitoral que ganharão no primeiro turno, em função desta ou aquela pesquisa.

    Não sou candidato e posso deduzir à vontade. Mas, sempre com argumentos. Não como chefe de torcida ou panfleteiro de esquina de rua.

    Então afirmo, com todas as letras, que Ratinho Junior ganha no primeiro turno. As razões:

    • Primeira delas: regra de três simples – 9% nulos e brancos + 9% não sabem = Ratinho Junior 53,6% de votos válidos. Simples assim. Só rebusca demais quem quer confundir.
    • Na pesquisa espontânea ou seja voto cravado, Ratinho tem 25%. Enquanto Cida e Arruda ficam com 8% e 4%.
    • Cida e Arruda cresceram 4 pontos cada e estão em ascensão. Sim, mas Ratinho também subiu 2 pontos e sua curva sempre foi ascendente desde as primeiras pesquisas.
    • Ratinho é o mais rejeitado?  Não, Cida é a mais rejeitada com 20% e Ratinho e Arruda juntinhos com 14 e 12%.
    • Os grandes cabos eleitorais para a eleição para governador(não menosprezando as lideranças de deputados estaduais e federais) são os prefeitos e vereadores. E neste quesito Ratinho dá um vareio. Isso sem contar que o voto útil é privilégio para quem ponteia as pesquisas.

    Finalmente, até poderia fazer algumas deduções sobre a pesquisa para Presidente da República, no Estado do Paraná, do Ibope: Bolsonaro 37%, Haddad 14%, Alvaro 12%, Ciro 7%, Marina 4%, Alckmin 4%,….

    Mas, não me apetece, pois pesquisas presidenciais são sempre muito estranhas. Sempre existindo fato novo.

    Tem até um que é chamado de “síndrome da candidatura precoce”, para justificar queda absurda de candidato em menos de uma semana.

    Acho que o povo brasileiro vai mostrar toda a sua repulsa e seu nojo pelo que aí está e pelo que aconteceu. 

    Não se iludam os carniceiros da nação. O voto para presidente será de protesto.

    O eleitor não vai votar no candidato e sim em si próprio.

    O brasileiro já escolheu seu presidente.

    Só não vê quem não quer.

    Aguardemos.



    Publicado por jagostinho @ 08:02



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.