Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 03out

    BEM PARANÁ / IVAN SANTOS

     

    Em debate ‘morno’, candidatos ao governo do Paraná evitam confronto

     

    Ratinho Jr, Cida e Arruda mantém postura cautelosa em último encontro antes do primeiro turno

     

    Em debate 'morno', candidatos ao governo do Paraná evitam confronto
    Debate na RPC, ontem: denúncias contra Beto Richa quase não foram citadas por candidatos (Foto: Franklin de Freitas)

     

    O último debate entre os candidatos ao governo do Estado no primeiro turno da eleição, ontem, na RPC TV, foi marcado por um clima “morno”, em que os principais concorrentes evitaram confrontos diretos e questionamentos mais agressivos.

    Ratinho Júnior (PSD), Cida Borghetti (PP) e João Arruda (MDB) mantiveram uma postura cautelosa e quase não fizeram menções às denúncias contra o ex-governador e candidato ao Senado, Beto Richa (PSDB) – preso na operação Rádio Patrulha, que investiga suspeitas de fraudes em obras de estradas rurais – e que havia sido o tema central do debate anterior, na RIC TV. 

    O candidato do PT, Dr Rosinha, voltou a falar mais de temas nacionais do que locais, e o professor Piva (PSOL), tentou novamente atuar como “franco-atirador”, mas sem conseguir ser tão incisivo como em outros confrontos.

    Excluído do debate da RIC, Ogier Buchi (PSL), serviu mais uma vez como “escada” para Cida e procurou se colocar como o candidato do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no Estado, apesar de ter sido rejeitado pelo próprio partido em favor de Ratinho Jr.

    O formato do debate da RPC também colaborou para “esfriar” o último confronto, já que além de mais participantes, dos quatro blocos, o primeiro, o terceiro e o quarto tiveram perguntas livres, enquanto o segundo foi de questões pré-definidas.

    Na primeira pergunta, Ratinho Jr surpreendeu escolhendo Cida, mas manteve a estratégia de se concentar em propostas, ao invés de questionamentos políticos, perguntando sobre segurança energética.

    Em seguida, Cida repetiu a estratégia do primeiro debate, em agosto, na Band, dirigindo sua pergunta sobre corrupção a Ogier Buchi.

    “Varri a corrupção para fora do Palácio e do governo do Estado. Demiti servidores investigados. O governo hoje é um dos colaboradores da Lava Jato, colocando todos os documentos à disposição para serem investigados”, disse a governadora. 

    Temer
    Piva e Rosinha também voltaram a cobrar de Arruda o apoio às reformas do governo Temer.

    “Fiz oposição ao governo Beto Richa e aos seus principais auxiliares: Ratinho Jr e Cida Borghetti. Sou candidato de oposição a esses candidatos. Por diversas vezes votei contra a minha vontade. A lei trabalhista, entendi que era preciso modernizar”, argumentou o emedebista.

    “O senhor está muito preocupado em levar dois candidatos do Beto Richa para o segundo turno. Quero discutir o Paraná. Estamos vivendo um momento único na política brasileira. O governo do MDB baixou a tarifa da água e da luz”, alegou Arruda.

    Independência
    No segundo bloco, Piva tentou “apertar” Ratinho Jr pela primeira vez ao perguntar sobre privatizações e combate à corrupção, alegando que o adversário teria prometido “vender tudo”.

    “Não prometi vender tudo. Vou vender o que não é necessário para o governo do Estado”, rebateu o candidato do PSD.

    O candidato do PSOL não ficou satisfeito, e alegou que Ratinho teria fugido do tema.

    “Eu fui convidado para ser candidato a vice-governador e abri mão. Porque eu não abro mão da minha independência. Inclusive meu candidato ao Senado é o professor Oriovisto”, respondeu Ratinho Jr, repetindo o argumento de que nenhuma das obras feitas por ele como secretário do Desenvolvimento Urbano foi alvo de investigação. 

    Previdência
    Questionado por Dr Rosinha sobre previdência, Arruda alfinetou Ratinho Jr e Cida.

    “O nosso problema da previdência é muito maior no Paraná, porque aprovaram uma lei para o governo confiscar R$ 140 milhões por mês da previdência. Cida e Ratinho Jr não falaram nada e deixaram retirar esse dinheiro do Paraná Previdência”, disse.

    A reforma da previdência a nível nacional desde o começo o PT se colocou contra. Coisa que o MDB do João Arruda não fez”, rebateu o petista. 

    Ratinho e Cida discutem sobre gastos e ‘mordomias’

    Apesar do clima “morno”, Ratinho Júnior (PSD) e Cida Borghetti (PP) protagonizaram alguns momentos de confronto no debate de ontem, ao discutir os planos de corte de gastos para a futura administração.

    Contrariando seu estilo não afeito a questionamentos mais duros a adversários, Cida repetiu pergunta já feita a Ratinho no debate da RIC, sobre quais as secretarias que o adversário pretende cortar. Ratinho tem dito que pretende cortar metade das pastas, caso eleito. 

    “Eu vou começar cortando aquelas duas que a senhora criou de cara para atender apadrinhamento político”, respondeu o candidato do PSD, referindo-se à Secretaria de Assuntos Estratégicos, para quem Cida nomeou o ex-vereador de Curitiba, Zé Maria (PPS).

    “Primeiro que eu não criei secretaria nenhuma. Apenas ocupei alguns postos que já existiram, sem criar estruturas novas”, rebateu a governadora. 

    Em seguida, ela insistiu no tema questionando “quais mordomias” o adversário teria cortado em “20 anos de mandato” como deputado estadual, federal e como secretário do Desenvolvimento Urbano no governo Richa.

    Cida alegou então que Ratinho Jr teria pedido um jipe Pajero como veículo oficial para atendê-lo como secretário do Desenvolvimento Urbano.

    “Não queira criar fake news. Esse carro já existia no Paraná Cidade eu só utilizei ele para trabalho”, contestou Ratinho. 

    Pedágio 

    Em seguida, a governadora aproveitou pergunta de Ogier Buchi sobre o pedágio, para repetir que ao assumir, comunicou as concessionárias de que os contratos não serão renovados.

    “Diante dos novos fatos por conta da Lava Jato, pedi à Justiça que determine imediatamente o desconto de 50% nas tarifas do pedágio já que as investigações demonstram que houve cobranças irregulares e aditivos”, alegou. 

    Factóides – Professor Piva questionou Ratinho Jr sobre o que ele teria feito em favor dos trabalhadores em mais de 20 anos de carreira política.

    “Primeiro eu não vivo da política. Vivo do meu trabalho no dia a dia. Não venha criar factóides. Vamos falar de coisa séria”, reagiu o candidato do PSD. 


    “Eu vou começar cortando aquelas duas que a senhora criou de cara para atender apadrinhamento político”.
    Candidato do PSD, Ratinho Júnior

    “Primeiro que eu não criei secretaria. Apenas ocupei alguns postos que já existiam, sem criar estruturas novas”.
    Governadora e candidata à reeleição, Cida Borghetti (PP)

    “O nosso problema da previdência é muito maior no Paraná, porque aprovaram uma lei para confiscar R$ 140 milhões. Cida e Ratinho Jr não falaram nada”.
    Candidato do MDB, deputado federal João Arruda

    “A reforma da previdência a nível nacional desde o começo o PT se colocou contra. Coisa que o MDB do João Arruda não fez”.
    Candidato do PT, Dr Rosinha

    “O senhor (Arruda) é do MDB do Temer. Se praticarem no PR o mesmo que estão fazendo com o povo brasileiro vai ter gente com saudade do Beto Richa”.
    Candidato do PSOL, Professor Piva

    “Não há disputa nenhuma aqui sobre quem é o candidato do senhor Bolsonaro. Sou eu que defende as ideias dele”. 
    Candidato do PSL, Ogier Buchi



    Publicado por jagostinho @ 10:54



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.