Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 13nov

    BEM PARANÁ

     

    Adalberto Xisto é eleito presidente do TJPR. Veja quem mais foi escolhido para a cúpula

     

    (Foto: Câmara Municipal de Curitiba)
    O pleno do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) elegeu na tarde desta segunda (12) a nova diretoria, que vai comandar o judiciário a partir de janeiro de 2019 por dois anos.

    Os 120 desembargadores têm direito a voto, que é secreto, por cédula, mas 114 votaram no pleito.  O desembargador Adalberto Xisto Pereira foi eleito presidente. 

    No primeiro turno da eleiçao,  Adalberto Xisto Pereira obteve 52 votos, Lidia Maejima, 28 votos,Rogério Kanayama 25 e Fernando Bodziak  8. Houve um voto nulo.

    Xisto ficou seis votos de ser eleito no primeiro turno.

    Como nenhum candidato teve mais de 50% dos votos, houve segundo turno com os dois mais votados, quando Xisto, então teve 74 votos e Lidia Maejima conseguiu 39 votos. Foi registrado um voto nulo. 

    Foram eleitos também: 1º Vice-presidente: Wellington Emanuel Coimbra de Moura,  2º Vice-presidente: José Laurindo de Souza Netto, Corregedor-geral: José Augusto Gomes Aniceto, Corregedor: Luiz César Nicolau,  Ouvidor-geral Ana Lúcia Lourenço, Ouvidor substituto, Maria Aparecida Blanco de Lima, Farão parte do Conselho da Magistratura: Francisco Pinto Rabello Filho, Antonio Loyola Vieira, Joeci Machado Camargo e Lilian Romero.

    O perfil

    O Desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira é Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), turma de 1988.

    Iniciou sua carreira em 1989, após aprovação em concurso público, como promotor de justiça.

    Ingressou na magistratura em 15 de junho de 1990, após nova aprovação em concurso público, sendo nomeado juiz substituto da Seção Judiciária de União da Vitória.

    Em 12 de abril de 1991 foi nomeado para o cargo de juiz de direito da comarca de Realeza, judicando, a seguir, nas comarcas de Siqueira Campos, Toledo, Ponta Grossa e Curitiba.

    Foi professor de Direito Processual Civil na Escola da Magistratura do Paraná (EMAP), da qual também foi diretor no Núcleo de Curitiba (gestão 2002/2003).

    Lecionou a mesma disciplina nas Faculdades de Direito da UNIPAR (campus Toledo) e da PUCPR (campus Curitiba).

    Exerceu, ainda, o cargo de Conselheiro da Escola de Servidores da Justiça Estadual (2007/2009).

    Foi juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça (gestões 1997/1998 e 1999/2000) e da Presidência do TJPR (gestão 2003/2004).

    Foi promovido ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná em 22 de setembro de 2008, pelo critério de merecimento.

    Foi membro da Comissão de Regimento Interno do TJPR (gestões 2009/2010 e 2011/2012) e membro eleito do Conselho da Magistratura (gestão 2011/2012).

    No Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) exerceu, em 2016, por eleição do Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça, os cargos de Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral, e no ano de 2017, o de Presidente.

    Publicado por jagostinho @ 10:04



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.