Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 05dez

    REPÚBLICA DE CURITIBA

     

    Jair Bolsonaro alerta: ‘Maus brasileiros querem roubar nossa liberdade!’

     

    Bolsonaro Globo

     

    Ao discursar durante solenidade de formatura de cadetes na Academia da Força Aérea, em Pirassununga, interior de São Paulo, na manhã desta sexta-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro fez referência a “maus brasileiros” que querem “roubar nossa liberdade”.

    Em ambiente militar, ele voltou a lembrar também que as Forças Armadas devem lealdade ao povo brasileiro.

    Sem deixar claro quem são os inimigos, o presidente recomendou aos formandos que não se preocupem apenas com a carreira militar, mas olhem para supostos perigos que estão ao redor.

    “Se preocupem, sim, com tudo ao seu redor. Se esmerem cada vez mais no profissionalismo, no bem servir à tua Pátria e, mais do que bem servir à Pátria, se preocupar com tudo, porque não falta sempre alguns maus brasileiros que querem roubar aquilo que é de mais sagrado que existe entre nós, a nossa liberdade”.

    Bolsonaro participou da solenidade de formatura de 138 aspirantes da Aeronáutica. Durante quatro anos, os jovens cadetes receberam instruções militares em formação básica.

    Com a formatura, eles passam a ser considerados “aspirantes aviadores” e seguem para especialização em diversas áreas da Força Aérea Brasileira (FAB).

    Como já havia dito há uma semana, quando acompanhou a formatura de alunos da Escola de Especialistas da Aeronáutica, em Guaratinguetá, também no interior, ele disse que os militares devem lealdade ao povo.

    “Momentos difíceis os nossos povos já enfrentaram no passado e as Forças Armadas sempre estiveram ao seu lado e garantiram o que é mais sagrado em qualquer povo, a sua liberdade, a sua possibilidade de decidir seu futuro”.

    O presidente lembrou seu passado militar, recordando que há 43 anos recebeu sua espada de aspirante.

    “Confesso, muitas das decisões que hoje tomo em grande parte vêm de passagens que tive ao longo da minha vida, não só de academia militar, mas como da vida de aspirante, tenente e capitão do exército brasileiro”.

    Publicado por jagostinho @ 09:23



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.