Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      Rede Multiloja

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota

  • 16mar

    Ao
    MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

    A agência Nacional de Vigilância Sanitária mais conhecida como ANVISA acaba “ de obrigar” o suplemento mineral marinho MAGVIT da Buschle & Lepper a retirar a bula do produto que alertava a população sobre a importância do  Cloreto de Magnésio na nossa dieta diária.

    Constava nesta bula que os filhos de diabéticos deveriam a partir dos 20 anos de idade se suplementarem desse extraordinário mineral que traz grande benefícios para a saúde humana, desta maneira, se prevenindo contra o diabetes.

    O uso diário deste produto, evita também surgimento de Cálculos Renais, por suas qualidades nutricional-celular NUTRACÊUTICO, equilibrando metabolicamente o cálcio no sangue!

    Esta posição da ANVISA beneficia a industria farmacêutica química através da desinformação proposital  do consumidores brasileiros, pois é sabido que um povo que consome diariamente suplementos alimentares, tem imensas dificuldades para adoecerem.

    A ANVISA trabalha para que o povo através da desinformação não saiba cuidar de sua própria saúde. Os médicos por sua vez desconhecem completamente o papel nutricional deste que é um elemento básico para um perfeito funcionamento celular.

    Eles agem desta maneira porque no seu curso de medicina, pouquíssimo estudaram sobre o assunto.

    Vejam que tragédia vivem diariamente muitos dos pacientes dos consultórios médicos que poderiam resolver problemas de Artrite, Artrose, Tendinite, Pressão Alta, Bucite, Bico de Papagaio, Problemas de nervo Ciático e muitas outras doenças poderiam ser curadas e evitadas através da ingestão diária do “ Cloreto de Magnésio”.

    O Ministério Público Federal precisa abrir uma investigação profunda nesta conduta cheia de suspeita da ANVISA, uma vez que beneficia os interesses econômicos da industria farmacêutica química em detrimento da saúde da nossa população.

    Aproveito a oportunidade para também denunciar todas as dificuldades que esta agência proporciona aos brasileiros que sofrem de insônia e que são 47% da população, que não dormem ou dormem muito mal e que poderiam ter seu problemas resolvidos através de outro suplemento alimentar livremente vendido nos EUA com o nome de MELATONINA, também um NUTRACÊUTICO, pois quem sofre desse problema tem carência do hormônio MELATONINA, que é produzido durante o sono!

    Outra vergonha é a nítida perseguição que a avisa faz ao produto “SPIRULINA” que é obrigado a trazer no rótulo “ O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE” este produto não existem evidências cientificas comprovadas de que este Alimento previna, trate ou cure “doenças”, sabe-se que, as algas marinhas encapsuladas, conhecidas como spirulinas, contém os seguintes nutrientes:

    ÁCIDOS GRAXOS, POLIINSATURADOS, AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS, VITAMINAS, OLIGOELEMENTOS E MINERAIS imprescindíveis para uma perfeita nutrição celular e um ótimo sistema imunológico das pessoas que consomem este NUTRACÊUTICO.

    O MINISTÉRIO DA SAÚDE que hoje pode ser chamado de MINISTÉRIO DA DOENÇA, pois nada entende da mecânica do funcionamento celular.

    A outra perseguição que esta agência proporciona é a outro suplemento, o Iono mineral marinho- www.quinton.es – com 112 anos de existência e com excelentes histórico de benefícios à saúde da humanidade, eficientíssima na reparação sanguínea e que poderia estar recuperando o sangue dos cancerosos brasileiros só para citar como exemplo.

    Atuando sempre para fortalecer  o sistema imunológico dos doentes, imagine que benefício traria para os que sofrem de infecção hospitalar. Este também é um NUTRACÊUTICO.

    A ANVISA quer que o laboratório QUINTON que produz esse fantástico suplemento alimentar, seja registrado como medicamento.

    Ocorre que este produto tem livre circulação: na Europa, Japão, EUA e México, dispensado de registro. Criou-se um impedimento para que os brasileiros tenham acesso a esta terapia que atua no terreno biológico das células.

    Será que a ANVISA é  contrária aos suplementos alimentares?

    Porque  tem esta conduta?

    Por onde anda a Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados que não enxergam problemas tão graves?

    Está é outra posição que caracteriza nitidamente a defesa dos interesses da industria farmacêutica química, a grande beneficiária com a insônia do povo Brasileiro, uma verdadeira vergonha nacional!

    Com a palavra o Ministério Público Federal.

    Hasiel Pereira

    Coordenadoria Política do Governo do Estado do Paraná

   

Comentários Recentes

  • Ué o que aconteceu com a fofura do youssef, depoi...
  • Isso mesmo, ela vai quebrar a Veja, literalmente, começando ...
  • Ui que legal, haja itaú, bradesco, santander, hsbc, ...
  • Olha, eu não costumo comentar o óbvio, mas... O LULA TEVE UM...
  • Jota, li todas as manchetes do seu blog hoje e not...