• 10dez

    CAÇADORES DE NOTÍCIAS-TRIBUNA/PR

     

    Menina de 8 anos escreve cartinha para o Papai Noel e pede cesta de Natal para a família

    cartinha da Nanda para o Papai Noel

    Esse é um daqueles momentos em que escorre uma lágrima no cantinho do olho. Uma cartinha divulgada por um amigo da família da pequena Nanda Gabryella, de 8 anos, vem emocionando os internautas desde a semana passada.

    O motivo? Um pedido especial para o bom velhinho.

    E se você acha que ela pediu um brinquedo está enganado. Tudo o que ela desejava era uma cesta de natal para a família celebrar a data.

    Sem trabalho há meses por conta da pandemia do novo coronavírus, a mãe Luciane de Oliveira Moreira, 26 anos, moradora do bairro Tingui em Curitiba, contou à Tribuna do Paraná, como o pedido da filha cortou o coração.

    “Pela manhã a Nanda queria tomar Nescau e não tinha. A tarde, ela estava assistindo um filme e pediu uma pipoca e também não tínhamos. O mês foi bem apertado. Ela viu um comercial na televisão que falava para enviar a cartinha para o Papai Noel. Perguntou se eu poderia levar e disse que poderia postar no Facebook. Fiz minhas coisas e quando ela terminou a cartinha e me entregou tive que me trancar no banheiro para ela não me ver chorando. Me partiu o coração”, desabafa a mãe, emocionada.

    Veja o que diz a cartinha!

    “Querido Papai Noel. Neste natal eu me comportei muito, então eu queria uma cesta de natal para eu fazer uma ceia de natal. Obrigada, Deus abençoe! Feliz Natal a todos. Meu nome é Nanda, tenho 8 anos e tenho uma irmã de 4 anos. Feliz Natal”, diz a menina.

    Ao ser questionada por não ter pedido um brinquedo, Nanda foi objetiva. “Não temos as coisas em casa”, conta a mãe. E mesmo insistindo, a filha foi mais além “Ela disse que precisava ser algo para todos nós”, explica Luciane.

    Nanda manda cartinha para Papai Noel
    Nanda pediu uma cesta de Natal ao Papai Noel, mas o sonho é uma boneca LOL. Foto Arquivo Pessoal

    A jovem trabalha como diarista, e ao ler a carta que a filha escreveu para o Papai Noel, ligou para um amigo para saber se ele estaria precisando de uma diarista em sua casa.

    Chorando, ela contou sobre o que havia acontecido e o amigo se prontificou a ajuda-la postando uma foto do bilhete na rede social. A mensagem da Nanda logo comoveu os internautas.

    “Estamos desempregados, e fora a Nanda tenho mais uma filha de 4 anos. Moro com meu pai que tem 80 anos que recebe auxílio do governo. Ele gasta aproximadamente 400 reais em remédios, fora as contas da casa. Não sobra nada. Sou diarista, porém, com a pandemia, o povo está com medo e não estou mais conseguindo serviço. Estou desde março parada e não consigo comprar as coisas que ela pede”, lamenta.

    A família também necessita de alimentos, roupas e calçados para as crianças.

    Verdadeiro sonho da Nanda

    Nanda é dedicada aos estudos e nos afazeres de casa, além de ser muito carinhosa. Mesmo sendo tão nova e já pensar na família, a garotinha tem um sonho só seu, o de ganhar uma boneca, a “LOL Surprise”.

    “Ela me perguntou se um dia, quando eu já estiver trabalhando, eu compro a boneca pra ela. Eu sei que a minha filha ela entende a situação. Não temos condições de comprar as coisas. Precisamos de alimentos, os tênis das meninas já estão batidos e o que ela tem é usado, que ganha do pessoal da igreja. Eu choro escondida por não ter condições no momento”, conta.

    Para quem quiser ajudar e até conhecer a casa onde a Nanda mora pode entrar em contato pelo WhatsApp: (41) 99532-2643 ou ir até à Rua Arlindo de Lara, 20 – fundos, bairro Tingui.

  • 07dez

    TRIBUNA/PR

     

    Santuário do Perpétuo Socorro pede doação de brinquedos e leites especiais

     

    perpétuo socorro curitiba
    Doações poderão ser entregues no dia 12 de dezembro. Foto: Albari Rosa
    No próximo dia 12 dezembro o Santuário do Perpétuo Socorro de Curitiba realiza um evento na modalidade drive-thru para arrecadar brinquedos e leites em pó especiais para crianças com câncer.A arrecadação faz parte do Natal Solidário e os interessados em participar podem levar seus donativos até a sede do Santuário, na Rua Ubaldino do Amaral, 204, bairro Alto da Glória, das 8h às 17h, do sábado (12).

    Os alimentos e os brinquedos serão doados a crianças portadoras de neoplasia (câncer).

    De acordo com o Reitor Padre Celso Cruz, “por conta da pandemia as atividades religiosas foram restringidas praticamente a zero, dificultando assim nossas ações na captação de leite e brinquedo”.

    E segue o comunicado. “É de conhecimento da comunidade curitibana que o Santuário Nossa Senhora do Perpetuo Socorro há anos presta serviços filantrópicos há vários entidades através dos seus voluntários, especialmente em época natalina. Certos de sua colaboração colocamo-nos à disposição para os esclarecimentos que se façam necessários”, encerra.

    Os leites indicados para a doação são:

    1 – Nutren Junior

    2 – Fortini

    3 – Pediasure Complete

    Mais informações pelo telefone (41) 3253-2031.

  • 29ago

    CAÇADORES DE NOTÍCIAS – TRIBUNA PR

     

    Trigêmeas surpreendem pais em gravidez planejada em Colombo. Veja como ajudar!

     

    Escrito por Alex Silveira

    A gravidez planejada da recepcionista Stella Ferreira do Couto, 32 anos, acabou se tornando em uma tripla surpresa. Moradora de Colombo, região metropolitana de Curitiba, em abril ela descobriu que será mãe de três meninas.

    O trio já tem até nome: Alícia, Lívia e Clara – vendo os exames pré-natal, porém, a mãe ainda não definiu quem é quem.

    A notícia da gravidez tripla foi um susto grande, ainda mais com a crise econômica da pandemia de coronavírus. Stella e o marido, o autonômo Adriano Seccon, 34 anos, buscam apoio com amigos e familiares.

    O casal já tem recebido doações de roupas e fraldas. Mas, segundo os pais, nunca se sabe tudo o que será preciso para garantir o bem-estar dos três bebês.

    As meninas devem nascer em setembro ou outubro. Stella já é mãe de uma menina de 12 anos.

    A recepcionista, que trabalha em uma clínica de oftalmologia de Curitiba, conta que planejou engravidar durante um ano. Em março, os exames atestaram a gravidez. “Foi uma alegria sem tamanho”, relembra ela.

    Porém, a preocupação com o bem-estar da nova vida se intensificou com a chegada da pandemia. “Ficamos bastante nervosos, pois eu saio para trabalhar todos os dias. E o pânico aumentou quando descobrimos que seriam três”, ressalta Stella, contando que nunca fez tratamento para engravidar.

    “Minha amiga organizou tudo. Eu já estava preocupada, porque não sou de ficar pedindo ajuda, doações, e com a pandemia não podia fazer o chá de bebê. Fiquei emocionada com a ideia da minha amiga e muitos amigos participaram e me deram bastante coisa”, comemora a mãe.

    Bebês vêm antes do tempo

    Stella está com seis meses de gravidez. Tudo corre bem com a saúde dela e das meninas. Mas por serem três bebês a orientação do pré-natal é de que a mãe sustente a barriga apenas até o momento em que o corpo suportar.

    Portanto, é provável que as trigêmeas nasçam antes dos nove meses. “Eu ainda tenho um porte físico menor. Então, em setembro ou outubro elas nascem”, revela.

    Enquanto isso, o casal se vira economicamente. O marido faz bicos como caminhoneiro e a Stella segue trabalhando, indo de carona com o marido até a casa de uma colega e, depois, de carona até Curitiba.

    A clínica onde ela trabalha segue todos os protocolos sanitários para combater o contágio do coronavírus e está com a agenda de atendimento programada para poucos pacientes para evitar aglomeração.

    “A preocupação existe. Eu me cuido bastante. Já realizei o teste de covid-19 e deu negativo”, diz a grávida.

    Trio já tem nomes!

    Passados os primeiros meses da surpresa e do pânico, a mãe diz que agora é só alegria. “Já nos acostumamos com a ideia e as meninas já têm nome. São a Alícia, Lívia e Clara”. Mas a mãe ainda não sabe quem é quem.

    “Por enquanto, no pré-natal, elas ainda são chamadas de A, B e C. Estou louca para conhecê-las e dar o nome de acordo com a carinha de cada uma.

    Segundo a Stella, a outra filha dela, Larissa, já ama as irmãs. “Ela brinca que pediu a Deus um irmão e ganhou três. É só felicidade. Mas ela também entende que vamos precisar de bastante ajuda. É bom saber que, nessas horas podemos contar com a família e amigos. Vai dar tudo certo”.

    Ajuda

    Para ajudar o casal com doações é preciso ligar para a assistente administrativa Fabi Moraes, 28 anos, que com mais duas amigas, a Elisangela e a Fernanda, está ajudando o casal.

    “Somos amigas há seis anos. Decidi ajudar porque a Stella é muito importante para mim. Alguém que me ajudou muito nos melhores e piores momentos, que sempre esteve comigo”, contou.

    O telefone de contato é o (41) 99831-7605. A preferência é por mensagens de WhatsApp.

    “Estamos com a meta de um carrinho de bebê para trigêmeos”, pediu a Fabi Moraes.

  • 07fev

    GAZETA DO POVO

     

    FAB pode levar poloneses que estão em Wuhan até Varsóvia, diz Bolsonaro

     

    Aviões da FAB decolaram de Brasília para buscar brasileiros que estão em Wuhan, na China.| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

     

    As aeronaves enviadas pelo governo federal para resgatar brasileiros em Wuhan, na China, poderão fazer o transporte de cidadãos de outros países, caso haja disponibilidade de espaço nos voos.

    A informação foi dada pelo presidente Jair Bolsonaro durante live semanal transmitida na noite desta quinta-feira (6).

    Um pedido de carona, segundo o presidente, já foi feito pelo governo da Polônia.

    “Se tivermos apenas em torno de 40 brasileiros para trazer para cá, como sobrariam em torno de 10 vagas, eu já autorizei a trazer nacionais de outros países. Se for da América do Sul, pousa aqui. Parece que entrou um pedido da Polônia agora e, obviamente, como vai pousar em Varsóvia [capital polonesa], se quiserem retornar, [eles] vêm e desembarcam em Varsóvia e tudo bem”, disse o presidente.

    O deslocamento dos dois Embraer 190 que partiram na missão para repatriar os brasileiros isolados na província de Hubei por causa do coronavírus está atrasado.

    A expectativa inicial era de retorno ao Brasil no sábado (8).

  • 03fev

    RENOVA MÍDIA

     

    Moro sai em defesa de Damares após ataque de Kakay

     

    Moro sai em defesa de Damares após ataque de Kakay

     

    O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, prestou solidariedade a ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, em mensagens nas redes sociais neste sábado (1º).

    Famoso por defender políticos enrolados com a Justiça, principalmente a turma numerosa na operação Lava Jato, o criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, conhecido popularmente como Kakay, teceu fortes comentários contra Damares em um grupo de juristas no WhatsApp.

    Como noticiou o blog Radar, da revista Veja, em um grupo nomeado “Liga da Justiça”, Kakay escreveu:

    “Foi uma pena os pais desta idiota não terem feito o que ela prega. Se não tivessem trepado, estaríamos livres dela.”

    Confira o print:

    Fonte: Divulgação/VEJA

    Em mensagem no Twitter, Damares demonstrou surpresa com o ataque disparado por Kakay.

    “O que poderia ter gerado tanto ódio desse senhor por mim?”, indagou a ministra.

    Na mesma rede social, o ministro Sergio Moro saiu em defesa de Damares.

    “Há pessoas que merecem apenas ser ignoradas. Essa é uma delas”, disse.

    Moro também alertou para o preconceito presente no comentário do jurista.

    “No fundo, é puro preconceito por Damares Alves ser mulher, evangélica e Ministra. Não cabe na visão de mundo de pessoas limitadas, daí as ofensas”, acrescentou ele.

« Entradas anteriores   



Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota